Como ensinar a criança a poupar dinheiro

31-05-2018

Como ensinar a criança a poupar dinheiro

Ao poupar ou economizar, a criança aprenderá a dar valor ao que tem.

Numa sociedade tão consumidora como aquela em que vivemos, é muito importante que as crianças aprendam, desde muito pequenos, a dar valor ao que têm e a conhecer os limites dos gastos. Como fazê-lo? Ensinando-os a manejar o dinheiro, a administrar os consumos, a saber o valor que tem cada coisa.

Quando falamos do valor de cada coisa, não nos referimos apenas ao preço de cada brinquedo, de cada roupa ou de cada livro, também referimo-nos às contas de água, de luz, de supermercado, etc.

Tudo tem um preço e um valor nesta vida, mas para muitas crianças tudo parece cair do céu. Só precisamos ver as suas cartinhas para o Pai Natal, ou o que pedem de presentes de aniversário ou de primeira comunhão. É importante que coloquemos em prática um plano de gestão para que as crianças aprendam a controlar-se e a não gastar mal o dinheiro.

As crianças podem e devem aprender como se pode contribuir para conter os gastos, desde muito pequenos. Com tantos anúncios nos meios de comunicação, parece difícil, mas nada é impossível. Alguns psicólogos sugerem aos pais que ensinem os seus filhos a valorizar o dinheiro, que destinem algum dinheiro para eles a longo prazo, e que permitam que eles administrem uma mesada semanal, ou alguma gratificação extra. Eles acreditam que as crianças é que deve administrar as suas próprias entradas e gastos e assim estarem mais preparados para o futuro.

Algumas Ideias e Dicas de como os pais podem ensinar aos seus filhos a manejar o dinheiro e os gastos:
  1. Através de jogos de mesa, como “Monopólio” por exemplo”.
  2. Explicando aos seus filhos a diferença entre o valor e o preço, entre a necessidade e o gasto.
  3. Ensinando-lhes que tudo se consegue com esforço. Fazer a cama, guardar a roupa, os brinquedos, fazer as tarefas escolares, etc. é uma obrigação. Mas se seu filho fizer alguma tarefa extra, como colocar o lixo na lixeira, passar aspirador no interior do veículo, ajudar a guardar as compras do supermercado, ou estender a roupa, seria uma boa oportunidade para que lhes ofereçam uma pequena quantidade de dinheiro por cada serviço.
  4. Ensine o seu filho a economizar, criando metas para fazê-lo. Presenteie-o com um cofrinho para que ele possa economizar para ir ao cinema com seus amiguinhos, para comprar um gelado, ou um livro, brinquedos ou um tênis muito desejado.
  5. É importante que tanto os pais, como os tios e avós, estejam de acordo quanto a dar dinheiro à criança.
  6. Dê exemplos ao seu filho. Eduque-se a si mesmo quanto aos gastos. O melhor ensino vem do exemplo dos pais.
  7. 7- Ensine ao seu filho que vale a pena não gastar em coisas desnecessárias. Melhor reduzir gastos para conseguir adquirir aquilo de que realmente necessita.
  8. 8- Não se esqueça de elogiar ou até premiar o seu filho quando ele conseguir economizar. Os pais podem aumentar o seu esforço.
Adaptado do Artigo Guia Infantil. Fonte: https://br.guiainfantil.com/
 

Acessos Rápidos

SEJA CLIENTE BCA

Conheça as vantagens de ser cliente do BCA, comece aqui a sua relação com o nosso Banco.

FORMULÁRIOS

Encontre aqui os formulários de adesão para aderir aos vários produtos e serviços que o BCA tem à sua disposição.

MERCADOS

Consulte o espaço dedicado ao Mercado de Capitais em Cabo Verde.

BCA IMÓVEIS

Adquira um apartamento, uma casa, um prédio, ou um espaço para o seu negócio/escritório, através do BCA.

2016 Banco Comercial do Atlântico, todos os direitos reservados